Drag Racing 1/4 Mile times 0-60 Dyno Fast Cars Muscle Cars

Rural Willys Auto +

Matéria do Auto Mais TV - Rural Willys Conheça mais em: www.jeep-reliquias.com


 


More Videos...


▶ Para sempre Rural Willys
A Rural Willys é um utilitário que foi produzido pela Willys Overland nas décadas de 1950, 1960 e 1970 no Brasil. Na década de 1970, passou a ser produzida pela Ford do Brasil, que comprou a fábrica da Willys em 1967, mantendo inalterados o nome Rural e praticamente todas as características do veículo. Foi lançado nos Estados Unidos em 1946 com o nome de Jeep Station Wagon, tendo sido o primeiro veículo do tipo com a carroceria toda em metal, em contrapartida às carrocerias de madeira, então comuns. Com pequenas diferenças, foi produzido também em outros países como o Japão, onde foi fabricado pela Mitsubishi, com o nome J37 e a Argentina, onde foi fabricado pela Kaiser e é conhecido como Estanciera. O modelo brasileiro foi redesenhado em 1958 utilizando como inspiração a arquitetura moderna de Brasília, em construção na época. Este desenho acompanhou a Rural até o encerramento de sua produção em 1977. No Brasil foram produzidas versões com tração 4X4 e 4X2, com motores a gasolina de seis cilindros em linha e cilindrada de 2.6 ou 3.0 litros (opcional). O motor de 2.6 litros, ou 161 polegadas cúbicas, foi o primeiro motor a gasolina fabricado no Brasil e também equipava outros veículos da fábrica Willys, como o Jeep e o Aero. O motor 3.0, utilizando o mesmo bloco, equipava o Itamaraty. A partir do segundo semestre de 1975, até o final da produção, em 1977, a Rural foi fabricada com motor Ford, denominado OHC, de quatro cilindros e 2.3 litros de cilindrada. Em todas as versões, tinha potência aproximada de 90 hp (cavalos-vapor), adequada à época e características do veículo. A Rural Willys pode ser considerada "pai" dos atuais utilitários esportivos existentes, pois era um um veículo com espaço para a família, mas robusto e com vocações off-road Em 1961 entrou em linha a versão picape da Rural, chamada de Pick-Up Willys ou Pick up Jeep e, posteriormente, F-75. A versão militar, amplamente utilizada pelas Forças Armadas do Brasil, denominava-se F-85. Na Argentina, este modelo foi conhecido como Baqueano. Tal como o Jeep, a F-75 manteve-se em produção pela Ford do Brasil até 1981.





A Rural do Publio
Reportagem do programa Auto Esporte da Rede Globo sobre a Rural, exibido em 10/02/2008.





▶ Jeep Rural Willys tuning
Imagens de Rurais Willys tuning. Comentem... A Rural Willys é um utilitário que foi produzido pela Willys Overland nas décadas de 1950, 1960 e 1970 no Brasil. Na década de 1970, passou a ser produzida pela Ford do Brasil, que comprou a fábrica da Willys em 1967, mantendo inalterados o nome Rural e praticamente todas as características do veículo. Foi lançado nos Estados Unidos em 1946 com o nome de Jeep Station Wagon, tendo sido o primeiro veículo do tipo com a carroceria toda em metal, em contrapartida às carrocerias de madeira, então comuns. Com pequenas diferenças, foi produzido também em outros países como o Japão, onde foi fabricado pela Mitsubishi, com o nome J37 e a Argentina, onde foi fabricado pela Kaiser e é conhecido como Estanciera. O modelo brasileiro foi redesenhado em 1958 utilizando como inspiração a arquitetura moderna de Brasília, em construção na época. Este desenho acompanhou a Rural até o encerramento de sua produção em 1977. No Brasil foram produzidas versões com tração 4X4 e 4X2, com motores a gasolina de seis cilindros em linha e cilindrada de 2.6 ou 3.0 litros (opcional). O motor de 2.6 litros, ou 161 polegadas cúbicas, foi o primeiro motor a gasolina fabricado no Brasil e também equipava outros veículos da fábrica Willys, como o Jeep e o Aero. O motor 3.0, utilizando o mesmo bloco, equipava o Itamaraty. A partir do segundo semestre de 1975, até o final da produção, em 1977, a Rural foi fabricada com motor Ford, denominado OHC, de quatro cilindros e 2.3 litros de cilindrada. Em todas as versões, tinha potência aproximada de 90 hp (cavalos-vapor), adequada à época e características do veículo. A Rural Willys pode ser considerada "pai" dos atuais utilitários esportivos existentes, pois era um um veículo com espaço para a família, mas robusto e com vocações off-road Em 1961 entrou em linha a versão picape da Rural, chamada de Pick-Up Willys ou Pick up Jeep e, posteriormente, F-75. A versão militar, amplamente utilizada pelas Forças Armadas do Brasil, denominava-se F-85. Na Argentina, este modelo foi conhecido como Baqueano. Tal como o Jeep, a F-75 manteve-se em produção pela Ford do Brasil até 1981.





HISTORIA DA INDUSTRIA AUTOMOBILISTICA WILLYS
Neste filme feito por Jean Manzon ele mostra a linha de produção da Willys antes dela ser comprada pela Ford em 1967. Neste filme eles citam o projeto M que mais tarde se tornaria o Ford corcel, ele aparece coberto por uma capa mas pelas rodas ja da pra saber que é um corcel !





FOrDINHA "quase" PERFEITA - Rural 4X4 1975 V8 292 - O SOM
Rural Ford 1975 - FOrDINHA "quase" PERFEITA - Ford/Willys - Feita para a curtir um belo dia de chuva na trilha, se enferrujando, e tb para curtir um belo dia de sol no asfalto. ---- Made to enjoy a rainy day on track, rusting, but also a nice sunny day on asphalt...





Juninho Fadel quebrando o vidro da rural F75
http://www.clubedosjipeirosdepalmital.com.br/





Rural Willys 4x4.avi
Rural Willys 4x4, 6cc, kit gás.





▶ Rurais Willys abandonadas
Vídeo contendo fotos de Rural Willys/ Ford Rural, Pick-up Jeep/ Ford F75 e Station Wagon Willys/ Estanciera abandonadas. A Rural Willys é um utilitário que foi produzido pela Willys Overland nas décadas de 1950, 1960 e 1970 no Brasil. Na década de 1970, passou a ser produzida pela Ford do Brasil, que comprou a fábrica da Willys em 1967, mantendo inalterados o nome Rural e praticamente todas as características do veículo. Foi lançado nos Estados Unidos em 1946 com o nome de Jeep Station Wagon, tendo sido o primeiro veículo do tipo com a carroceria toda em metal, em contrapartida às carrocerias de madeira, então comuns. Com pequenas diferenças, foi produzido também em outros países como o Japão, onde foi fabricado pela Mitsubishi, com o nome J37 e a Argentina, onde foi fabricado pela Kaiser e é conhecido como Estanciera. O modelo brasileiro foi redesenhado em 1958 utilizando como inspiração a arquitetura moderna de Brasília, em construção na época. Este desenho acompanhou a Rural até o encerramento de sua produção em 1977. No Brasil foram produzidas versões com tração 4X4 e 4X2, com motores a gasolina de seis cilindros em linha e cilindrada de 2.6 ou 3.0 litros (opcional). O motor de 2.6 litros, ou 161 polegadas cúbicas, foi o primeiro motor a gasolina fabricado no Brasil e também equipava outros veículos da fábrica Willys, como o Jeep e o Aero. O motor 3.0, utilizando o mesmo bloco, equipava o Itamaraty. A partir do segundo semestre de 1975, até o final da produção, em 1977, a Rural foi fabricada com motor Ford, denominado OHC, de quatro cilindros e 2.3 litros de cilindrada. Em todas as versões, tinha potência aproximada de 90 hp (cavalos-vapor), adequada à época e características do veículo. A Rural Willys pode ser considerada "pai" dos atuais utilitários esportivos existentes, pois era um um veículo com espaço para a família, mas robusto e com vocações off-road Em 1961 entrou em linha a versão picape da Rural, chamada de Pick-Up Willys ou Pick up Jeep e, posteriormente, F-75. A versão militar, amplamente utilizada pelas Forças Armadas do Brasil, denominava-se F-85. Na Argentina, este modelo foi conhecido como Baqueano. Tal como o Jeep, a F-75 manteve-se em produção pela Ford do Brasil até 1981.





▶ A evolução da Rural Willys
A evolução da Rural Willys no Brasil, de 1956 à 1977. Comentem... A Rural Willys é um utilitário que foi produzido pela Willys Overland nas décadas de 1950, 1960 e 1970 no Brasil. Na década de 1970, passou a ser produzida pela Ford do Brasil, que comprou a fábrica da Willys em 1967, mantendo inalterados o nome Rural e praticamente todas as características do veículo. Foi lançado nos Estados Unidos em 1946 com o nome de Jeep Station Wagon, tendo sido o primeiro veículo do tipo com a carroceria toda em metal, em contrapartida às carrocerias de madeira, então comuns. Com pequenas diferenças, foi produzido também em outros países como o Japão, onde foi fabricado pela Mitsubishi, com o nome J37 e a Argentina, onde foi fabricado pela Kaiser e é conhecido como Estanciera. O modelo brasileiro foi redesenhado em 1958 utilizando como inspiração a arquitetura moderna de Brasília, em construção na época. Este desenho acompanhou a Rural até o encerramento de sua produção em 1977. No Brasil foram produzidas versões com tração 4X4 e 4X2, com motores a gasolina de seis cilindros em linha e cilindrada de 2.6 ou 3.0 litros (opcional). O motor de 2.6 litros, ou 161 polegadas cúbicas, foi o primeiro motor a gasolina fabricado no Brasil e também equipava outros veículos da fábrica Willys, como o Jeep e o Aero. O motor 3.0, utilizando o mesmo bloco, equipava o Itamaraty. A partir do segundo semestre de 1975, até o final da produção, em 1977, a Rural foi fabricada com motor Ford, denominado OHC, de quatro cilindros e 2.3 litros de cilindrada. Em todas as versões, tinha potência aproximada de 90 hp (cavalos-vapor), adequada à época e características do veículo. A Rural Willys pode ser considerada "pai" dos atuais utilitários esportivos existentes, pois era um um veículo com espaço para a família, mas robusto e com vocações off-road Em 1961 entrou em linha a versão picape da Rural, chamada de Pick-Up Willys ou Pick up Jeep e, posteriormente, F-75. A versão militar, amplamente utilizada pelas Forças Armadas do Brasil, denominava-se F-85. Na Argentina, este modelo foi conhecido como Baqueano. Tal como o Jeep, a F-75 manteve-se em produção pela Ford do Brasil até 1981.





Trilha dos Trilhos, Passo Fundo RS Willys Rural do Vivente Vulgo Solange
Não afrochaaaaa hahhaha





Rural Willys ORIGINAL !!!
RURAL WILLYS 1964 4X4, adquirida zero KM, único dono! toda original, muito conservada!





Rural do Onofre Reforma .m4v
Reforma de Carroceria e interior da Rural Willys 64 do Onofre feita no Rio de Janeiro em período de quase 2 anos





Ford Rural 1973 6CC 4x4 - Barranco e Alagado
Lá vamos nós testar a Ruralzinha no barranco... e no alagado também. 100% aprovado !!! Land Rover e Troller uma ova.... A Rural comanda... kkkkk..... Élison e Maneco na boléia.... Muito bom ! Brinquedo de gente grande... Acessem e curtam a minha página galera, compartilhem o link dela nos seus perfis e me ajudem a divulgar esse trabalho. Para os usuários de Apple, Macintosh mais especificamente, é uma novidade, e estou sendo pioneiro nessa área aqui em Curitiba. Inovação é o segredo... ;-) Valeu !!!! https://www.facebook.com/iConsult.Pr





tilly - Restauração rural
restauração Rural willys ano 1975, café com leite ( bége e branca)





1961 Willys Jeep Station Wagon / Overland-Willys Classic 4x4
Come cruise in this classic Overland-Willys Jeep ulility vehicle produced in 1961.





Which car is faster? Which Car is Faster?




Similar 1/4 mile timeslips to browse:

1933 StreetRod Willys Willy's: 8.580 @ 149.480
Steve Duber, Engine: 355, Supercharger: 6-71 BDS stage 5


1941 StreetRod Willys Willys Coupe: 8.950 @ 148.000
Rick Van Riper, Engine: Small Block 427, Supercharger: 671 Blower Tires: Mickey Thompsons


1933 StreetRod Willys Willys Coupe: 8.970 @ 154.000
Greg Mauchamer, Engine: 354 Chrysler Hemi, Supercharger: 6:71


1947 Jeep Willys Wagon: 11.296 @ 116.130
William Landry, Engine: 540 chev, Tires: BFG Street tires


 


©2014 DragTimes - Disclaimer - Contact Us