Drag Racing 1/4 Mile times 0-60 Dyno Fast Cars Muscle Cars

Rural Willys Auto +

Matéria do Auto Mais TV - Rural Willys Conheça mais em: www.jeep-reliquias.com


 


More Videos...


▶ A evolução da Rural Willys
A evolução da Rural Willys no Brasil, de 1956 à 1977. Comentem... A Rural Willys é um utilitário que foi produzido pela Willys Overland nas décadas de 1950, 1960 e 1970 no Brasil. Na década de 1970, passou a ser produzida pela Ford do Brasil, que comprou a fábrica da Willys em 1967, mantendo inalterados o nome Rural e praticamente todas as características do veículo. Foi lançado nos Estados Unidos em 1946 com o nome de Jeep Station Wagon, tendo sido o primeiro veículo do tipo com a carroceria toda em metal, em contrapartida às carrocerias de madeira, então comuns. Com pequenas diferenças, foi produzido também em outros países como o Japão, onde foi fabricado pela Mitsubishi, com o nome J37 e a Argentina, onde foi fabricado pela Kaiser e é conhecido como Estanciera. O modelo brasileiro foi redesenhado em 1958 utilizando como inspiração a arquitetura moderna de Brasília, em construção na época. Este desenho acompanhou a Rural até o encerramento de sua produção em 1977. No Brasil foram produzidas versões com tração 4X4 e 4X2, com motores a gasolina de seis cilindros em linha e cilindrada de 2.6 ou 3.0 litros (opcional). O motor de 2.6 litros, ou 161 polegadas cúbicas, foi o primeiro motor a gasolina fabricado no Brasil e também equipava outros veículos da fábrica Willys, como o Jeep e o Aero. O motor 3.0, utilizando o mesmo bloco, equipava o Itamaraty. A partir do segundo semestre de 1975, até o final da produção, em 1977, a Rural foi fabricada com motor Ford, denominado OHC, de quatro cilindros e 2.3 litros de cilindrada. Em todas as versões, tinha potência aproximada de 90 hp (cavalos-vapor), adequada à época e características do veículo. A Rural Willys pode ser considerada "pai" dos atuais utilitários esportivos existentes, pois era um um veículo com espaço para a família, mas robusto e com vocações off-road Em 1961 entrou em linha a versão picape da Rural, chamada de Pick-Up Willys ou Pick up Jeep e, posteriormente, F-75. A versão militar, amplamente utilizada pelas Forças Armadas do Brasil, denominava-se F-85. Na Argentina, este modelo foi conhecido como Baqueano. Tal como o Jeep, a F-75 manteve-se em produção pela Ford do Brasil até 1981.





Rural do Onofre Reforma .m4v
Reforma de Carroceria e interior da Rural Willys 64 do Onofre feita no Rio de Janeiro em período de quase 2 anos





A Rural do Publio
Reportagem do programa Auto Esporte da Rede Globo sobre a Rural, exibido em 10/02/2008.





Trilha dos Trilhos, Passo Fundo RS Willys Rural do Vivente Vulgo Solange
Não afrochaaaaa hahhaha





▶ Rurais Willys abandonadas
Vídeo contendo fotos de Rural Willys/ Ford Rural, Pick-up Jeep/ Ford F75 e Station Wagon Willys/ Estanciera abandonadas. A Rural Willys é um utilitário que foi produzido pela Willys Overland nas décadas de 1950, 1960 e 1970 no Brasil. Na década de 1970, passou a ser produzida pela Ford do Brasil, que comprou a fábrica da Willys em 1967, mantendo inalterados o nome Rural e praticamente todas as características do veículo. Foi lançado nos Estados Unidos em 1946 com o nome de Jeep Station Wagon, tendo sido o primeiro veículo do tipo com a carroceria toda em metal, em contrapartida às carrocerias de madeira, então comuns. Com pequenas diferenças, foi produzido também em outros países como o Japão, onde foi fabricado pela Mitsubishi, com o nome J37 e a Argentina, onde foi fabricado pela Kaiser e é conhecido como Estanciera. O modelo brasileiro foi redesenhado em 1958 utilizando como inspiração a arquitetura moderna de Brasília, em construção na época. Este desenho acompanhou a Rural até o encerramento de sua produção em 1977. No Brasil foram produzidas versões com tração 4X4 e 4X2, com motores a gasolina de seis cilindros em linha e cilindrada de 2.6 ou 3.0 litros (opcional). O motor de 2.6 litros, ou 161 polegadas cúbicas, foi o primeiro motor a gasolina fabricado no Brasil e também equipava outros veículos da fábrica Willys, como o Jeep e o Aero. O motor 3.0, utilizando o mesmo bloco, equipava o Itamaraty. A partir do segundo semestre de 1975, até o final da produção, em 1977, a Rural foi fabricada com motor Ford, denominado OHC, de quatro cilindros e 2.3 litros de cilindrada. Em todas as versões, tinha potência aproximada de 90 hp (cavalos-vapor), adequada à época e características do veículo. A Rural Willys pode ser considerada "pai" dos atuais utilitários esportivos existentes, pois era um um veículo com espaço para a família, mas robusto e com vocações off-road Em 1961 entrou em linha a versão picape da Rural, chamada de Pick-Up Willys ou Pick up Jeep e, posteriormente, F-75. A versão militar, amplamente utilizada pelas Forças Armadas do Brasil, denominava-se F-85. Na Argentina, este modelo foi conhecido como Baqueano. Tal como o Jeep, a F-75 manteve-se em produção pela Ford do Brasil até 1981.





▶ Jeep Rural Willys tuning
Imagens de Rurais Willys tuning. Comentem... A Rural Willys é um utilitário que foi produzido pela Willys Overland nas décadas de 1950, 1960 e 1970 no Brasil. Na década de 1970, passou a ser produzida pela Ford do Brasil, que comprou a fábrica da Willys em 1967, mantendo inalterados o nome Rural e praticamente todas as características do veículo. Foi lançado nos Estados Unidos em 1946 com o nome de Jeep Station Wagon, tendo sido o primeiro veículo do tipo com a carroceria toda em metal, em contrapartida às carrocerias de madeira, então comuns. Com pequenas diferenças, foi produzido também em outros países como o Japão, onde foi fabricado pela Mitsubishi, com o nome J37 e a Argentina, onde foi fabricado pela Kaiser e é conhecido como Estanciera. O modelo brasileiro foi redesenhado em 1958 utilizando como inspiração a arquitetura moderna de Brasília, em construção na época. Este desenho acompanhou a Rural até o encerramento de sua produção em 1977. No Brasil foram produzidas versões com tração 4X4 e 4X2, com motores a gasolina de seis cilindros em linha e cilindrada de 2.6 ou 3.0 litros (opcional). O motor de 2.6 litros, ou 161 polegadas cúbicas, foi o primeiro motor a gasolina fabricado no Brasil e também equipava outros veículos da fábrica Willys, como o Jeep e o Aero. O motor 3.0, utilizando o mesmo bloco, equipava o Itamaraty. A partir do segundo semestre de 1975, até o final da produção, em 1977, a Rural foi fabricada com motor Ford, denominado OHC, de quatro cilindros e 2.3 litros de cilindrada. Em todas as versões, tinha potência aproximada de 90 hp (cavalos-vapor), adequada à época e características do veículo. A Rural Willys pode ser considerada "pai" dos atuais utilitários esportivos existentes, pois era um um veículo com espaço para a família, mas robusto e com vocações off-road Em 1961 entrou em linha a versão picape da Rural, chamada de Pick-Up Willys ou Pick up Jeep e, posteriormente, F-75. A versão militar, amplamente utilizada pelas Forças Armadas do Brasil, denominava-se F-85. Na Argentina, este modelo foi conhecido como Baqueano. Tal como o Jeep, a F-75 manteve-se em produção pela Ford do Brasil até 1981.





▶ Homenagem ao Ford Rural
A Rural Willys é um utilitário que foi produzido pela Willys Overland nas décadas de 1950, 1960 e 1970 no Brasil. Na década de 1970, passou a ser produzida pela Ford do Brasil, que comprou a fábrica da Willys em 1967, mantendo inalterados o nome Rural e praticamente todas as características do veículo. Foi lançado nos Estados Unidos em 1946 com o nome de Jeep Station Wagon, tendo sido o primeiro veículo do tipo com a carroceria toda em metal, em contrapartida às carrocerias de madeira, então comuns. Com pequenas diferenças, foi produzido também em outros países como o Japão, onde foi fabricado pela Mitsubishi, com o nome J37 e a Argentina, onde foi fabricado pela Kaiser e é conhecido como Estanciera. O modelo brasileiro foi redesenhado em 1958 utilizando como inspiração a arquitetura moderna de Brasília, em construção na época. Este desenho acompanhou a Rural até o encerramento de sua produção em 1977. No Brasil foram produzidas versões com tração 4X4 e 4X2, com motores a gasolina de seis cilindros em linha e cilindrada de 2.6 ou 3.0 litros (opcional). O motor de 2.6 litros, ou 161 polegadas cúbicas, foi o primeiro motor a gasolina fabricado no Brasil e também equipava outros veículos da fábrica Willys, como o Jeep e o Aero. O motor 3.0, utilizando o mesmo bloco, equipava o Itamaraty. A partir do segundo semestre de 1975, até o final da produção, em 1977, a Rural foi fabricada com motor Ford, denominado OHC, de quatro cilindros e 2.3 litros de cilindrada. Em todas as versões, tinha potência aproximada de 90 hp (cavalos-vapor), adequada à época e características do veículo. A Rural Willys pode ser considerada "pai" dos atuais utilitários esportivos existentes, pois era um um veículo com espaço para a família, mas robusto e com vocações off-road Em 1961 entrou em linha a versão picape da Rural, chamada de Pick-Up Willys ou Pick up Jeep e, posteriormente, F-75. A versão militar, amplamente utilizada pelas Forças Armadas do Brasil, denominava-se F-85. Na Argentina, este modelo foi conhecido como Baqueano. Tal como o Jeep, a F-75 manteve-se em produção pela Ford do Brasil até 1981.





Hello Chip Foose! Project Brasil Rural F75 - Air Suspension Aro 22 Custom - Canal 7008Films
Assista em HD para melhor resolução 720P ou 1080P Hello Chip Foose Design Brazil! by Custom Suspensões Um homem... Um Sonho.... E um projeto totalmente exclusivo na cena Brasileira! Nelci, proprietário de uma Simples Rural esta prestes a ver seu sonho tomar forma para cair nas pistas! Rural Air Suspension, um projeto desenvolvido pela Custom Suspensões. Agradecemos ao Proprietário Nelci, Marcelo, Tiozão, Pirulito e a todos que acreditam nos trabalhos da 7008Films e nos escolheram para ilustrar este sonho. O resultado Final você acompanha aqui na 7008Films em 2014. "Meu sonho é que o Chip Foose veja esta projeto" Vamos ajudar divulgando este vídeo galera, quem sabe o Nelci não conquista seu desejo e realizada mais um de seus sonhos? Quer um vídeo de seu carro? é simples entre em contato e saiba como Contato para cobertura de eventos: 7008Films@gmail.com Filmagem e edição Ale7008 Fotografia Aleksandra (Leka) CURTA A PAGINA 7008FILMS NO FACEBOOK http://www.facebook.com/7008filmsofic... Nossos vídeos tem o Patrocínio Apollo Racing Rodas e Pneus http://www.apolloracing.com.br/ Concept Suspensões Ar -- Fixa - Rosca https://www.facebook.com/conceptcusto... Auto Shopping Dois irmãos Peças novas e usadas http://www.facebook.com/desmanche.doi... EquipCar -- Auto Center -- Som, acessórios, Films,Freios, Escapamentos http://www.facebook.com/equipcar.auto... Lava Rápido TWash -- Lavagem Simples/Completa-- Higienização -- Polimento https://www.facebook.com/ThiWash?fref=ts Cenário: Estufa Custom Suspensões Musica:Libations & Oscillations - Myriads Revisited (Original Mix)





HISTORIA DA INDUSTRIA AUTOMOBILISTICA WILLYS
Neste filme feito por Jean Manzon ele mostra a linha de produção da Willys antes dela ser comprada pela Ford em 1967. Neste filme eles citam o projeto M que mais tarde se tornaria o Ford corcel, ele aparece coberto por uma capa mas pelas rodas ja da pra saber que é um corcel !





Gordini Auto Esporte
Uma breve gravação com Neguinho da Beija Flor e seu sonho quando criança





Ford Rural 1973 6CC 4x4 - Barranco e Alagado
Lá vamos nós testar a Ruralzinha no barranco... e no alagado também. 100% aprovado !!! Land Rover e Troller uma ova.... A Rural comanda... kkkkk..... Élison e Maneco na boléia.... Muito bom ! Brinquedo de gente grande... Acessem e curtam a minha página galera, compartilhem o link dela nos seus perfis e me ajudem a divulgar esse trabalho. Para os usuários de Apple, Macintosh mais especificamente, é uma novidade, e estou sendo pioneiro nessa área aqui em Curitiba. Inovação é o segredo... ;-) Valeu !!!! https://www.facebook.com/iConsult.Pr





castelo dowillys
Conheça o CASTELO DO WILLYS, acesse: www.castelodowillys.com.br Situado na cidade de PALOTINA -PR, o CASTELO DO WILLYS oferece uma grande quantidade de veículos da linhagem WILLYS OVERLAND DO BRASIL(JEEP,RURAL E F-75). SÃO MAIS DE 100 CARROS À SUA DISPOSIÇÃO. Contamos ainda com grande estoque de peças originais, acabamentos,pneus off-road e acessórios diversos e equipe especializada em restaurações de antigos e preparação de veículos OFF-ROAD.Vale a pena conferir: Venha-nos fazer uma visita, estamos na AVENIDA PRESIDENTE KENNEDY N°2083 - CENTRO - PALOTINA - PR CEP:85.950-000 TEL:(44)3649-3406. Acesse: www.castelodowillys.com.br TEREMOS O MAIOR PRAZER EM ATENDE-LO.





1971 Volkswagen Karmann Ghia Engine Start
First time starting up the 2333 cc engine (91x84mm) that I installed in my wife's freshly restored 1971 Volkswagen Karmann Ghia convertible. Yes, I know my coil is installed upside-down. The after-market wire harness was installed with too little slack to reach a downward-pointing coil. This is temporary.





Rural Willys de Bage-RS
Rural willys 1976, motor v6 de ranger injetado com caixa 5 driver e pneu Genius Lodo.





Jeep Rural Willys Ford 4x4 #01
Gostou? Compre no MercadoLivre. http://www.mercadolivre.com/jms/mlb/ml.youtube.dispatcher.YouTubeDispatcher ?title=Jeep+Rural+Willys+Ford+4x4&categ_id=7319&item_site_id=MLB&auction_st op=03-06-2011&item_id=182419666




Which car is faster? Which Car is Faster?





Similar 1/4 mile timeslips to browse:

1933 StreetRod Willys Willy's: 8.580 @ 149.480
Steve Duber, Engine: 355, Supercharger: 6-71 BDS stage 5


1941 StreetRod Willys Willys Coupe: 8.950 @ 148.000
Rick Van Riper, Engine: Small Block 427, Supercharger: 671 Blower Tires: Mickey Thompsons


1933 StreetRod Willys Willys Coupe: 8.970 @ 154.000
Greg Mauchamer, Engine: 354 Chrysler Hemi, Supercharger: 6:71


1947 Jeep Willys Wagon: 11.296 @ 116.130
William Landry, Engine: 540 chev, Tires: BFG Street tires


 


©2014 DragTimes - Disclaimer