FORD MAVERICK - PROPAGANDA ANTIGA

Aprenda a nunca ser enganado por nenhum vendedor de carro.Veja aqui o livro "O Segredo dos Carros" http://goo.gl/MsEjE Comercial antigo do clássico Ford Maverick.

More Videos...


PROPAGANDA COMERCIAL FORD MAVERICK GT 1973 GRABBER BRASIL BRAZIL LANÇAMENTO
PROPAGANDA COMERCIAL FORD MAVERICK GT 1973 GRABBER BRASIL BRAZIL LANÇAMENTO COMERCIAL COMMERCIAL AD PROPAGANDA ANÚNCIO INTERVALO RECLAME REKLAME ADVERSISEMENT PUBLICITÁ SPOT ADS ADVERTISING COMMERCIALS CAR BRASIL BRAZIL





Chegada Do Celular No Brasil
Jornal Nacional mostrando a chegada do celular no Brasil, este video faz parte do meu acervo de mais de 4000 vhs e 240 Betamax gravados em meados de 80 até final de 90, no VHS desta reportagem em meu acervo esta marcado novembro de 1990.





▶ A evolução da Rural Willys
A evolução da Rural Willys no Brasil, de 1956 à 1977. Comentem... A Rural Willys é um utilitário que foi produzido pela Willys Overland nas décadas de 1950, 1960 e 1970 no Brasil. Na década de 1970, passou a ser produzida pela Ford do Brasil, que comprou a fábrica da Willys em 1967, mantendo inalterados o nome Rural e praticamente todas as características do veículo. Foi lançado nos Estados Unidos em 1946 com o nome de Jeep Station Wagon, tendo sido o primeiro veículo do tipo com a carroceria toda em metal, em contrapartida às carrocerias de madeira, então comuns. Com pequenas diferenças, foi produzido também em outros países como o Japão, onde foi fabricado pela Mitsubishi, com o nome J37 e a Argentina, onde foi fabricado pela Kaiser e é conhecido como Estanciera. O modelo brasileiro foi redesenhado em 1958 utilizando como inspiração a arquitetura moderna de Brasília, em construção na época. Este desenho acompanhou a Rural até o encerramento de sua produção em 1977. No Brasil foram produzidas versões com tração 4X4 e 4X2, com motores a gasolina de seis cilindros em linha e cilindrada de 2.6 ou 3.0 litros (opcional). O motor de 2.6 litros, ou 161 polegadas cúbicas, foi o primeiro motor a gasolina fabricado no Brasil e também equipava outros veículos da fábrica Willys, como o Jeep e o Aero. O motor 3.0, utilizando o mesmo bloco, equipava o Itamaraty. A partir do segundo semestre de 1975, até o final da produção, em 1977, a Rural foi fabricada com motor Ford, denominado OHC, de quatro cilindros e 2.3 litros de cilindrada. Em todas as versões, tinha potência aproximada de 90 hp (cavalos-vapor), adequada à época e características do veículo. A Rural Willys pode ser considerada "pai" dos atuais utilitários esportivos existentes, pois era um um veículo com espaço para a família, mas robusto e com vocações off-road Em 1961 entrou em linha a versão picape da Rural, chamada de Pick-Up Willys ou Pick up Jeep e, posteriormente, F-75. A versão militar, amplamente utilizada pelas Forças Armadas do Brasil, denominava-se F-85. Na Argentina, este modelo foi conhecido como Baqueano. Tal como o Jeep, a F-75 manteve-se em produção pela Ford do Brasil até 1981.





Opala 1973 Propaganda
Filme do Opala 1973 Especial - Editado em 2006 - Daniel Lomelino Car




Follow