67 Karmann Ghia Viper V-10 "Blue Mamba"

A 1967 Karmann Ghia with a Viper V-10 motor in it that I shot at the Detroit AutoRama 2013.....this is one cool Volkswagen...Make sure you subscribe so that you don't miss any of the other cool cars I shot at this show!! For more cool stuff visit http://www.scottiedtv.com/ Hear it run https://www.youtube.com/watch?v=NTvzfOzxsdI Apparel Provided By: http://www.etmotorgear.com Check them out!!

More Videos...


1967 Karmann Ghia V-10 "Blue Mamba" Running SEMA 2013
A 1967 Karmann Ghia the has a Viper V-10 transplanted into it...I first shot this car at Detroit Autorama 2013...but I was not able to get a clip of it running....At SEMA 2013 I was able to get this short clip of it running....very cool....Check it out!!!...Make sure you follow me so that you don't miss any of the other awesome videos I shot at this show!! Feature shot at Autorama 2013 https://www.youtube.com/watch?v=5jDQvDUIbGs For more cool stuff visit http://www.scottiedtv.com/





Novo Volkswagen Karmann Ghia 2017
Já era lindo no passado, tive um amarelo e amava. Quero um do novo! www.eletrosbr.com.br Novo Volkswagen Karmann-Ghia 2017 possui linhas agressivas em relação ao original, mas é fiel ao estilo do clássico nacional. Tanto em versão cupê quanto na conversível, o projeto não foge do objetivo da Karmann-Ghia, que é recriar o antigo esportivo e colocá-lo no mercado nacional. A empresa pretende construir a versão de produção sobre uma plataforma já disponível no mercado brasileiro, mas aparentemente não fechou acordo com qualquer montadora. A Karmann-Ghia está investindo na modernização da fábrica da Anchieta, em São Bernardo do Campo/SP, a fim de retomar a produção de veículos, seja da própria marca ou de terceiros. Você gostou desse projeto? Será que sai do papel ? O Karmann-Ghia é um carro esportivo de dois lugares produzido pela Volkswagen, projetado pela empresa italiana Ghia, e construído pela empresa alemã Karmann. Cerca de 445 000 Karmann Ghias foram produzidos entre 1955 e 1975. No início dos anos 1950 a Volkswagen produzia apenas o Fusca e a Kombi, típicos carros pós guerra - resistentes, sóbrios e baratos. O mundo entretanto já se recuperava da Segunda Guerra Mundial, e a demanda por carros mais elegantes e luxuosos aumentava. A Volkswagen acabara de sair do controle britânico (1949), e de certa forma já se aventurara timidamente neste mercado, com a versão conversível do Fusca. Entretanto a gerência da Volkswagen ainda considerava a possibilidade de oferecer um carro que levantasse a imagem da firma, atendendo plenamente a esse mercado. O projeto inicial apresentado pela Karmann não agradou muito aos executivos da VW. Buscando satisfazer um cliente tão importante, a Karmann procurou ajuda no estúdio italiano de design Ghia. Segundo relatos não oficiais, Luigi Segre, responsável pelo renomado estúdio, teria apresentou a Wilhelm Karmann um desenho não utilizado pela Chrysler, o coupé Chrysler Guia Special.[1] Desenhado por Virgil Exner e Mario Boano, o protótipo figurou no salão de Paris de 1952, e teria inspirado o design do coupe VW. Tendo ou não adaptado um desenho anterior, a Ghia comprou um Fusca do importador francês Charles Laudoch, e sobre seu chassis terminou o protótipo em apenas cinco meses.[2] Daí o carro foi levado de Turim para Neuilly, França, para a garagem de Laudoch. Lá Wilhelm Karmann pode ver pela primeira vez o design, o que o deixou muito entusiasmado.. O carro foi levado para Osnabrück, onde foi apresentado em 16 de novembro a Heinrich Nordhoff, então presidente da Volks. Apesar de sua preocupação com o possível possível preço do carro,[2] a persuasão de Wilhelm Karmann e a necessidade de atender as demandas de mercado garantiram o sinal verde para o projeto. Segundo o acordo fechado entre as empresas, o carro seria vendido pela Volkswagen mas produzido pela Karmann sobre a plataforma do Fusca/Carocha (alargada em 30 cm, e no total o carro seria 12 cm mais longo). Após testes suplementares e refinamentos no projeto, o ferramental foi encomendado, e em julho de 1955 o coupe Volkswagen foi apresentado a imprensa. Entretanto o carro ainda não tinha nome, apenas o código "Typ 14". Após considerar alguns nomes italianos para o carro, o nome Karmann-Ghia foi escolhido, refletindo o exotismo do carro e a participação das várias empresas em seu projeto. Em agosto de 1955[4] o primeiro Karmann-Ghia saiu da linha de montagem de Osnabrück, Alemanha. A reação do público ao curvilíneo carro foi excelente, e mais de 10.000 carros foram vendidos só no primeiro ano, surpreendendo até a própria Volkswagen.





supercharged V8 Ghia





Vintage! Porsche-powered Karmann Ghia | Drive it!
Jochen Bader's Karmann Ghia RS is one of a kind. It's part Volkswagen, part Porsche and a whole lot of fun. He took the sporty body of a 1970 Karmann Ghia and pumped it full of Porsche technology. The result is a Ghia with an output of 321 horsepower and a top speed of more than 300 kilometers an hour. More from this edition of Drive It!: http://www.dw.com/en/drive-it-the-motor-magazine-2016-06-14/e-19287208-9798




Follow